5ª Jornada II Divisão B - Zona Sul, Seixal 2 - Barreirense 1

Estádio do Bravo, no Seixal

ÁRBITRO: João Gil (Lisboa)

Seixal - Bruno Veríssimo; Bruno Xavier, Pedro Pereira I, Paiva e Joaquim (Baía, 77 m); Bruno Moita, Adriano, Nélson Morais e Jorge Vasconcelos; Pedro Pereira II (Jorge Cordeiro, 75 m) e Sandro (Pelé, 88 m).

Treinador: João Santos

Barreirense - Paulo Renato; Farinha, Chevela (Fredy, 46 m), Bruno Costa e Brown; Carlos Alberto e Monzelo (Semeano, 59 m); Nuno Gaio (Padinha, 65 m), José Pedro e Ricardo Jorge; Tamandaré.

Treinador: Rui Gorriz

Marcadores: Pedro Pereira I (12 m), Tamandaré (72 m) e Paiva (83, g.p.).

Disciplina: Cartão amarelo a Pedro Pereira I (29 m), Jorge Vasconcelos (41 m), Farinha (78 m), Sandro (88 m), Semeano (88 m). Cartão vermelho a Adriano (59 m) e Carlos Alberto (64 m).

 

O seixal conquistou uma preciosa vitória num "derby" bem disputado mas, sem grandes primores técnicos . Os primeiros 45 minutos foram praticamente controlados pelos seixalenses. 

Jornal "A Bola"

 

O Barreirense entrou mal no jogo, nunca se encontrando, chegando ao intervalo a perder por 1-0, algo injustamente, já que o adversário também nada justificou na primeira parte, num jogo muito mau. 

Depois do intervalo o Barreirense entrou disposto a mudar o rumo do jogo, mas foi impedido, muito por culpa da equipa de arbitragem com o árbitro e o auxiliar que acompanhava o ataque do Barreirense a abusarem de uma "caseirice" demais evidente. Depois de aos 59 m ter expulsado o jogador Adriano do Seixal por palavras a si dirigidas, o árbitro redobrou a sua cruzada contra o Barreirense, e, não descansou enquanto não expulsou Carlos Alberto sem nenhuma razão aparente, numa altura em que o Barreirense já tinha encostado o Seixal à sua grande área. Mesmo com 10 contra 10, o Barreirense continuou a pressionar como se estivesse em superioridade numérica, e chegou à igualdade. Quando no seguimento desta pressão se aguardava o golo da vitória, o árbitro assinalou uma g.p. por pretensa mão na bola, fora da área!!!!. Foi escandaloso, se o árbitro não mostrou cartão amarelo ao jogador Farinha, que na sua óptica fez a falta, foi porque julgou que o lance foi casual, se foi casual, então porque assinalou o penalty????  

Mesmo com estas contrariedades todas o Barreirense ainda podia ter empatado por Ricardo Jorge, que atirou ao poste mesmo no final do jogo.

Destaques pela negativa para João Gil o árbitro do encontro que abusou da dualidade de critérios, mesmo no julgamento das faltas a meio campo e para o  auxiliar que na segunda parte descobriu foras de jogo que ninguém viu. 

Hugo Amaro, sócio do barreirense

Próximos eventos

quinta-feira, 28 outubro 2021 - 21:30 -23:15 : FCB - Piedense (Seniores)
sábado, 30 outubro 2021 - 10:30 -11:35 : CRI - FCB(A) (Benjamins Sub-11)
sábado, 30 outubro 2021 - 10:30 -11:35 : Cova Piedade(B) - FCB(B) (Benjamins Sub-11)
sábado, 30 outubro 2021 - 11:00 -12:35 : Pinhalnovense - FCB (Sub-15)
sábado, 30 outubro 2021 - 11:00 -12:15 : Cariocas - FCB(B) (Juvenis - Futsal)
sábado, 30 outubro 2021 - 11:00 -12:15 : FCB - Desp.Fabril (Sub-13 Fut-9)
sábado, 30 outubro 2021 - 15:00 -16:45 : Oeiras - FCB (Sub-19)

Últimos comentários

  • Carlos Matos
    Exibição pobre para mim que ...

    Ler mais...

     
  • Rui G
    Qual 1904... até isso roubaram....

    Ler mais...

     
  • Jose
    Apenas um relato de um roubo, muito ...

    Ler mais...

     
  • Paulo S
    Uma vez corruptos, corruptos ...

    Ler mais...

Siga-nos no...

RSS youtube facebook twitter

Contactos - www.fcbarreirense.com